domingo, 5 de abril de 2009

vitrais e o gótico


A título de curiosidade, o estilo gótico nasce na Europa, ainda no início da Baixa Idade Média, na França. O estilo por traz dessa nomenclatura se caracteriza principalmente pela exploração da verticalidade, além do uso exagerado de vidros. Um exemplo perfeito de arquitetura gótica pode ser observado na já tão conhecida Notre-Dame de Paris, sendo esta a primeira catedral em estilo gótico construída. A respeito dos materiais utilizados, são bem conhecidos os vitrais que exploram a capacidade deste material de moldar a luz externa a ser introduzida no ambiente.

Decoração de Ambientes: Estilo Gótico

No mundo da decoração, existem quatro correntes fortes, de acordo com época e local, sendo estas a Gótico Lanceolado, que aparece ainda no início do movimento, aproximadamente entre 1200 e 1300, o Gótico Radiante, Irradiante ou Rayonnant (termo francês), o Gótico Perpendicular, em vogue na Inglaterra do século XIV, e finalmente o Gótico Flamejante ou Flamboyant (termo francês), que explora a sensação de mobilidade das formas, tendo como referência o movimento das chamas, como o próprio nome sugere. A partir daí, lembre-se que é importante saber identificar estes elementos e saber incorporá-los a fim de criar a atmosfera proposta pelo movimento, fazendo-se uso dos seus principais materiais e propostas, como a valorização da sombra, do escuro, das formas retorcidas, da verticalidade e do uso de vidro e madeira.

Um comentário: