quinta-feira, 20 de maio de 2010

medo



Em muitos casos, depois de muito procurar, o cão chamado "medo" instala residência em um corpo.
E ali permanece, até que o proprietário abandone aquele corpo .
Em outros casos , ele irá ficar na residência (corpo) por um prazo.
E um dia o morador irá se cansar e colocá-lo porta afora , pois ele não é um cão adestrável, que dá a patinha quando se pede.
Ele é um oportunista, que fica pelos cantos fingindo que não está vendo e nem ouvindo oque está acontecendo, mas que na hora H, está sempre pronto pra dar conselhos macabros sobre a situação, deixando o pobre dono do corpo, confuso e sem saída.
Porém em uma bela manhã o cão chamado "medo", ele ganha mundo, após ter sido convidado a se retirar, libertando assim, o proprietário do corpo.
O proprietário do corpo feliz da vida, encontra então a liberdade de um dia ensolarado mas logo depois de alguns dias, encontrará outro cão perdido, também chamado"medo".
Então me pergunto, qual o melhor proprietário do corpo?
O que fica com o primeiro cão e deixa ele se procriar ou o que expulsa o cão, mas em breve adota outro?
O medo é um cão sarnento que nos acompanha, e se ficarmos com pena desse cãozinho ,,,, ele nos domina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário