segunda-feira, 9 de agosto de 2010


Fiandeiras fiando a vida,
no amanhecer ensolarado.
Fios da vida se fazem entre os dedos,
e dedos levam a vida.
No ir e vir sem fim,
onde nada tem começo,
meio ou fim.

Kamalaksi - 09/08/2010
imagem: LAS HILANDERAS OU "LA FABULA DE ARACNE"- 1657/Madridde DIEGO VELÁZQUEZ - Sevilla:1599-1660

Nenhum comentário:

Postar um comentário