terça-feira, 30 de novembro de 2010


Hoje pela manhã ganhei flores,
coloquei no vaso e voltei a dormir.
(kamalaksi -30/11/2010)

quinta-feira, 25 de novembro de 2010


Flutue sob a terra,
e sinta a vida mais leve!
(kamalaksi - 25/11/2010)
imagem: Helio Cohen

sábado, 20 de novembro de 2010




Não há como entender,
o que se passa com cada um,
diria que isso é aflitivo a certo ponto de vista,
afinal, tudo vai só até onde a vista alcança,
e olha vou dizer, esse alcance é quase que daqui à um passo.
a gente jura que conhece o outro, é pode até conhecer,
mais daí pra sentir.....ihhhhhhh , amiga pra sentir como o outro.
dá licença, isso foi feito sob medida pra cada um.
a gente pode até imaginar, mas o sentir ahhhhhhhh,
o sentir, esse é único !!!!!
ainda bem rsrsrsrsrs.
( kamalaksi - 20/11/2010)

quarta-feira, 17 de novembro de 2010


giro pelo mundo.
conhecendo pessoas,
sem nunca ter visto o rosto
a vida moderna, nos afasta dos rostos
e muitas vezes nos aproxima  de almas.
( kamalaksi - 17/11/2010)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010



e o equilibrista se faz,
a cada dia, na linha que segue a vida
um dia  se inclina pra esquerda,
no outro pra direita,
e alguns momentos ...
hummmm, em alguns momentos....pleno equilíbrio.
e assim segue a cantarolar, o que  há de esperar?
nada!
talvez os anos passarem...rsrssrsss
( kamalaksi - 11/11/2010)

domingo, 7 de novembro de 2010


refutar as regras.
amanhecer limpa,
de alma lavada.
deixar as agulhas
em algum palheiro,
esquecer o que dói,
ser feliz.
(kamalasi 07/11/2010)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010


foi  e sem dizer pra onde,
partiu.
deixou flores na soleira,
mais nada.
levou e deixou,
a partida foi física,
não de alma.
até daqui a pouco.
(kamalaksi-3/11/2010)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010


amortecer
amor tecer
amortecida
tecia a ida,
sem pensar em nada,
longe  do estar.
em qualquer lugar,
não há saída.
(Kamalaksi- 01/11/2010)